Spiral Criativa recebe título de Empresa B

A Spiral Criativa (fundada por Carolina Butolo) criada em 2014, a Spiral Criativa é responsável por projetos como o 1001 Histórias com Arte, que já beneficiou 14 mil crianças, e o 1001 Espetáculos que, até o fim do ano, alcançará 20 mil crianças e 33 mil espectadores.

O Sistema B é um movimento global que reúne empresas que buscam redefinir o conceito de sucesso nos negócios, a partir da geração de benefícios socioambientais. A iniciativa surgiu nos Estados Unidos, em 2006, e chegou ao Brasil em 2013.

“As pessoas estão cada vez mais conscientes e por isso mesmo valorizam empresas que adotam iniciativas com perfil social em prol da sociedade e do meio ambiente. E essa certificação não poderia chegar em um momento melhor. Estamos lançando, em agosto, mais um projeto inovador e que beneficiará milhares de crianças no Estado do Rio de Janeiro, o 1001 Espetáculos”, comemora Carolina Butolo, sócia-fundadora da Spiral Criativa.

O objetivo do Sistema B é estimular as empresas a integrarem um movimento de mudança, a partir da apresentação de altos padrões de gestão e transparência, geração de benefícios socioambientais e comprometimento com a alteração do estatuto social, em que se comprometa a ser “uma empresa para o mundo, em vez de uma empresa do mundo”, gerando benefícios para a comunidade.

Carolina Butolo
Carolina Butolo é formada em Relações Públicas com especializações em Gestão Cultural, Empreendedorismo Criativo e Educação. Desde 2002, a fundadora da Spiral Criativa trabalhou para grandes instituições culturais como o Museu de Arte Moderna de São Paulo e a Fundação Armando Alvares Penteado. Em 2010, Carolina Butolo ganhou o prêmio Rio Criativo concedido pelo Ministério da Cultura enquanto empreendedora da Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro. Em 2012, foi uma das palestrantes do Festival Internacional de Criatividade, parte da II Bienal Internacional de Criatividade e apresentou uma metodologia inovadora de planejamento estratégico co-criativo e participativo executado junto a um cluster criativo localizado na zona portuária do Rio de Janeiro.  Dois anos depois, em 2014, fundou a Spiral Criativa e, desde então, trabalha em rede com projetos, negócios e instituições culturais e criativas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.