SPACES abre coworking na Cinelândia e amplia empreendedorismo Global na cidade

Grupo britânico IWG, em conjunto com proprietários de imóveis locais, investiram mais de 20 milhões de reais, em investimentos totais, em imóveis no Rio

A partir desta quinta-feira, 28 de junhoo Rio de Janeiro entra na rota de uma das marcas mais sólidas no mercado mundial em espaços de coworking. A SPACES, empresa do grupo britânico IWG, inaugura o SPACES Cinelândia, na rua do Passeio, 38, no prédio do Teatro Riachuelo, coração do centro histórico da cidade.

Presente em 32 países, 54 cidades, com 145 unidades de negócio e no Brasil há pouco menos de um ano a SPACES é player absoluto em qualidade e comprometimento no atendimento, para um público moderno, descolado, mas exigente, que usa espaços compartilhados de trabalho. Esta será a primeira unidade da SPACES no Rio e terceira no Brasil, em São Paulo atua há pouco mais de um ano com dois prédios, na Vila Madalena (Zona Oeste) e Vila Olímpia, (Zona Sul).

Com uma área total de 2.226m², que possibilitará a criação de 41 escritórios e 135 áreas de trabalho, além de oferecer três salas de reunião, o prédio do SPACES Cinelândia, projetado por Grandjean de Montigny, arquiteto francês, foi totalmente reformado como parte do complexo do Centro Empresarial Passeio Corporate.

A trajetória da expansão dos espaços compartilhados feita na cidade conta com empreendimentos do grupo, realizados juntamente com outra de suas empresas, a Regus. Segundo Tiago Alves, CEO da IWG no Brasil, em 2018, ambas já são responsáveis por 48% de todas as novas locações comerciais imobiliárias de escritórios corporativas, no Rio de Janeiro, dados da consultoria imobiliária CBRE.

A SPACES e Regus, em conjunto com proprietários de imóveis, investiram mais de 20 milhões de reais, em investimentos totais, em imóveis no Rio, foram alugados 8 mil metros quadrados no mercado comercial imobiliário de escritórios, na cidade. “Além do SPACES Cinelândia foram abertas as unidades Regus Lagoa e serão abertas Rio Sul e Teleporto, somando quatro novas unidades na cidade, um crescimento de mais de 25% somente no primeiro semestre de 2018“, complementa Renato Amorim, diretor de área da Regus e SPACES, no Rio.

Sobre o crescimento dos espaços compartilhados e coworkings no Brasil, em 2017 o número desses espaços de trabalho no País atingiu a casa dos 810, um crescimento de 114 % em relação ao ano de 2016. Atualmente 1% do mercado imobiliário brasileiro conta com os chamados espaços flexíveis para escritórios, dados de pesquisa apontam um aumento de 30% até 2030.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here