Rebeca Gusmão, exemplo de recuperação da boa forma, lança aplicativo para auxiliar pessoas a cuidarem da saúde

A personal trainer, que recebe muitos pedidos de ajuda em suas redes sociais, profissionalizou ainda mais seu trabalho com a saúde e recuperação da autoestima. Virtuagym está disponível para Android e IOS

Formada em Educação Física, a ex-nadadora brasileira e campeã mundial de supino na categoria até 90 quilos Rebeca Gusmão decidiu lançar um aplicativo capaz de ajudar pessoas comuns a mudarem o corpo e melhorarem a saúde. “A ideia do virtuagym surgiu quando comecei as consultorias online. Como a procura cresceu, eu precisava de uma ferramenta para me comunicar melhor com meus alunos à distância. Sempre deixo a periodização de todos pronta aos domingos com os treinos montados da semana”, conta a atleta.

O aplicativo está disponível para Android e IOS. É só baixar pelo celular e ir para a comunidade Rebeca Gusmão. “Por enquanto, somente os alunos da consultoria e presenciais têm acesso aos treinos, mas qualquer pessoa pode solicitar a consultoria. A partir daí, é ativado o plano PRO e ela recebe todos os seus treinos semanalmente e conversa comigo diariamente. Terão desafios abertos a todos, além de dicas e dietas passadas por especialistas de qualidade para diversos segmentos, como emagrecimento, definição, ganho muscular e amamentação”, explica.

Todos os treinos são elaborados individualmente por Rebeca: “Eu sou a personal de todas as pessoas que baixam o aplicativo”. Os resultados são vistos semanalmente. O aplicativo inclui vídeos com exercícios e dicas de dietas.  Existem premiações para os objetivos cumpridos e até punições caso o aluno falte aos treinos.

Quem quer ficar em forma para o Carnaval pode contar com a ajuda da atleta. “Posso montar um treino específico para essa época de folia e colocar na plataforma”, avisa.   O valor do aplicativo varia de acordo com o plano contratado. Informações de preços pelo contato@rebecagusmao.com.

Mudanças no corpo e barriga chapada:
Hoje, Rebeca Gusmão tem 1,80m, 78 quilos e uma barriga chapada. Mas nem sempre foi assim. Rebeca engordou 30 quilos na gravidez do primogênito Zeus, que nasceu em julho de 2016. “Acho que por ter passado por várias fases de transformações (já fui forte, gorda, magra, gostosa, grávida e agora estou sarada de novo) as mulheres, em algum momento, se identificam. Quando você fala do que sente quando está triste, com baixa autoestima, é como se elas falassem: ‘é exatamente assim que me sinto. Então se ela superou eu também posso superar’”, ressalta Rebeca, que passou por uma profunda depressão em 2013, quando tentou se suicidar.

A história de superação de Rebeca está na autobiografia ‘Virada Olímpica – A Carreira, a Queda e a Superação’, lançada pela editora Alto Astral. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here