Quatro dicas práticas para garantir um futuro promissor para a sua empresa

Renato Zacharias, da RB Serviços, dá dicas de como exercer papel estratégico e gestão eficiente de benefícios

Não há fórmula perfeita para se certificar que uma empresa se mantenha próspera, mesmo diante de um cenário econômico instável. Mas, existem sim alguns fatores que ajudam a garantir o efetivo gerenciamento da empresa quando se trata de benefícios. “Para conquistar o sucesso efetivo, é preciso ter uma visão 360º e não se prender apenas aos números. Colaboradores produtivos e estratégias eficientes também tem muito peso”, reflete Renato Zacharias, sócio-diretor da RB Serviços, empresa especializada na gestão de benefícios.

O executivo ressalta que para economizar com inteligência é primordial ter acesso a informações qualificadas – “se uma corporação não sabe as causas dos gastos excessivos fica difícil saber onde está o problema e, solucioná-lo”.

Abaixo, o executivo traz quatro orientações para que o empreendedor mantenha sua empresa saudável.

1- Gestão dos benefícios aos funcionários: Os benefícios são uma ótima forma de engajar os colaboradores, mas isso deve ser feito de forma estratégica. Com uma gestão inteligente, o valor economizado pode chegar a 35% do total de custos do Vale Transporte, que pode ser reinvestido em melhorias estruturais ou na concessão de outros benefícios direcionados aos funcionários.

2- Qualidade do atendimento prestado: A satisfação do cliente está inteiramente relacionada ao desempenho e sucesso da companhia, por isso, é importante que a empresa tenha um setor próprio para avaliar a qualidade do atendimento prestado. Por meio de indicadores de desempenho de softwares de gestão, é possível realizar pesquisas de qualidade e possuir atendimento ativo.

3- Reunião de equipe: Periodicamente, o gestor pode fazer uma reunião com os gerentes de cada setor para a atualização do desenvolvimento do trabalho e alinhar futuras estratégias. O objetivo aqui não é desperdiçar tempo, mas sim se aprofundar nas questões de cada área, o planejamento é importante para a ascensão dos negócios e para ter um termômetro de cada departamento.

4- Acertos e erros: Ao liderar uma empresa, é preciso estar preparado para lidar também planos que não vingam ou alguns erros, principalmente em épocas de crise econômica. Nesses momentos, a resiliência ajuda o empreendedor a se recuperar, promover mudanças e ter um novo olhar frente às adversidades.


*Renato Zacharias é sócio-diretor da RB Serviços

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here