Piso permeável pode minimizar os danos das chuvas

As fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro no início do ano causaram danos incalculáveis aos estabelecimentos comerciais, residências e condomínios. O problema mais grave está relacionado à drenagem das águas da chuva que fez com que os alagamentos durassem mais de 24 horas. Porém, essa questão não é restrita às áreas públicas urbanas. Propriedades privadas, hotéis e condomínios também enfrentaram problemas de escoamento.

Uma das melhores alternativas para minimizar esses danos é instalação de pavimento permeável, com peças pré-fabricadas de concreto, que favorece a infiltração da água no solo e diminui em 100% o escoamento, reduzindo o acúmulo da água incidente na superfície. Essa sistema é, inclusive, mencionado no Decreto nº 23.940, de 30 de janeiro de 2004, da Prefeitura do Rio de Janeiro, que exige a construção de um reservatório de retardo de águas pluviais e que os locais descobertos para estacionamento ou guarda de veículos para fins comerciais deverão ter 30% de sua área com piso drenante ou com área naturalmente permeável. 

Esse revestimento – camada superficial do pavimento – pode ser utilizado em calçadas, pátios residenciais, comerciais e industriais, estacionamentos, entre outros. Ele é constituído de um piso intertravado permeável, utilizando peças de concreto pré-moldadas convencionais com a infiltração ocorrendo pelas juntas alargadas entre as peças. Também há possibilidade de empregar blocos ou placas de concreto permeável. Nesse caso, as juntas são menores e a água passa através dos poros do concreto permeável.

Além disso, esse período do ano – de agosto a novembro – é bastante favorável para obras e reformas e uma ótima oportunidade para preparar os estabelecimentos para as chuvas de verão.

Leonardo Giglio, representante da Pavibloco, principal fabricante de pisos pré-moldados do país, esclarece que, além de oferecer beleza e elegância aos projetos de áreas externas, esse tipo de pavimento também favorece a manutenção: “O piso permeável intertravado tem a vantagem adicional de possibilitar a execução de obras sem precisar quebrar o pavimento, bastando retirar as peças, realizar o reparo e recolocá-las, sem remendos. É uma manutenção mais rápida e barata. Além disso, comparado ao asfalto, por exemplo, oferece uma durabilidade até três vezes maior” – esclarece Giglio.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui