FGV CPDOC promove o debate “História da Antropologia Urbana: o arquivo Gilberto Velho”

O evento online faz parte de seminário sobre a preservação da memória das Ciências Sociais no Brasil

O FGV CPDOC realiza, no próximo dia 15, o debate “História da Antropologia Urbana: o arquivo Gilberto Velho”, terceira parte do seminário online “Do ponto de vista do antropólogo: os arquivos pessoais e a preservação da memória das Ciências Sociais no Brasil”. O evento busca discutir a preservação dos documentos provenientes da atuação de antropólogos e suas contribuições para a consolidação das Ciências Sociais no país.

Nesses arquivos, podem ser encontrados cadernos de campo, manuscritos de livros, anotações de pesquisa, teses e registros audiovisuais. Os documentos nos permitem acessar diferentes contextos da produção intelectual das Ciências Sociais a partir da atuação dos acadêmicos, identificando diversas experiências etnográficas e agendas de pesquisa.

Seminário “Do ponto de vista do antropólogo”: os arquivos pessoais e a preservação da memória das ciências sociais no Brasil”
Mesa: “História da Antropologia Urbana: o arquivo Gilberto Velho”

Palestrantes:

Sílvia Monnerat (FGV CPDOC) – Professora da Escola de Ciências Sociais e do Programa de Pós-graduação em História, Política e Bens Culturais da FGV CPDOC. Integrante da Coordenação de Documentação da FGV CPDOC. Dedica seus estudos à antropologia urbana, com ênfase nas discussões sobre gênero, relações familiares e instituições totais.

Raphael Bispo (UFJF) – Professor de antropologia no Departamento de Ciências Sociais e no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCSO) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Dedica-se à área da antropologia urbana estudando os seguintes temas em suas pesquisas: emoções, gênero, sexualidade, curso da vida e religiosidades.
Dia: 15/06
Horário: 14h.30

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui