Mindfulness como analgésico natural para dores crônicas

Por Vitor Friary

A dor crônica é um problema de saúde com grande impacto no funcionamento emocional, físico e social dos pacientes, como também na sociedade. De acordo com a literatura, a prática do Mindfulness pode trazer benefícios significativos no tratamento das dores crônicas, como redução da dor e do estresse, melhora na qualidade de vida, manejo da dor e melhora do funcionamento diário e no comportamento diante da dor.

A prática do Mindfulness consiste em observar o presente de forma sustentada e receptiva, praticando a atenção, a consciência e qualidades como a bondade e a compaixão. Um dos exercícios que o Minfulness pratica com os pacientes com dor crônica é a percepção da dor. Assim, a experiência da dor pode ser observada com atenção e distinguindo, como eventos separados, as sensações que ocorrem de momento a momento e os pensamentos acompanhantes sobre a dor.

Além disso, a implementação das técnicas de Mindfulness na rotina podem melhorar aspectos como o bem-estar psicológico, os níveis de estresse e os sintomas psicológicos da dor crônica, como, por exemplo, a ansiedade e a depressão.

Vitor Friary

Diretor Clínico do Centro de Mindfulness (Rio de Janeiro), Docente e Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Terapia Cognitiva baseada em Mindfulness (MBCT) na Universidade Candido Mendes, Professor Avançado MBCT pelo Center for Mindfulness da Universidade da Califórnia San Diego e treinado pelo Oxford Mindfulness Centre da Universidade de Oxford.

Psicólogo comportamental especialista em meditação Mindfulness e diretor do Centro de Mindfulness do Rio de Janeiro. Autor do Livro Mindfulness para Crianças pela editora Sinopsys e locutor do áudio-livro Atenção Plena Mindfulness editora Sextante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here