MDF Tecnologia lança no mercado solução inovadora que reúne internet e telefonia

Produto será disponibilizado ao mercado na forma de outsourcing, visando não imobilizar ativos da empresa

A  MDF Tecnologia está lançando o Rack de Infraestrutura Compacto para telefonia e dados simultâneos. A solução tem a vantagem de reduzir expressivamente os custos, já que o usuário não precisará de ter unidades separadas de CPD ou TI, obrigando a operar com uma enorme parafernália de equipamentos. A solução não é vendida, e o usuário é beneficiado pela modalidade outsourcing, que atualmente tem ficado bem atraente porque o capital não fica imobilizando os ativos da empresa. Essa prática, segundo especialistas, demonstra ser uma tendência em muitos segmentos. 

A partir dessa inovação, parte do servidor pode ir para as clouds e parte na área física comum ficará dentro ambiente corporativo, tendo um ponto central estruturado e organizado, e ainda uma operação totalmente segura. A entrega é de 15 a 20 dias e o projeto é totalmente customizado. A versão básica tem um valor a partir de R$ 2,9 mil/mês, sendo o contrato com prazo mínimo de 24 meses.

Essa novidade permite a virtualização do sistema operacional Windows Server, bem como outros. Outro grande benefício é a redução de espaço físico, podendo ocupar apenas 2 m² de área útil, enquanto nos modelos antigos os equipamentos agrupados podiam exigir espaços entre 20 m² e 40 m². “Mais um avanço relevante é que a solução não apresenta superaquecimento e, portanto, não precisa de sistema de ar-condicionado ligado 24 horas, 7 dias da semana, 365 dias por ano”, argumenta o diretor de tecnologia da MDF, Julio Ferreira.

O equipamento é composto por um patch panel, que organiza e acomoda os inúmeros cabos de rede e fiação, disponibilizando todos de uma maneira ordenada e compacta. O switch (POE) Power Over Internet interliga impressora, notebook, desktop, antenas wifi, servidores, storage, entre outros recursos.

O storage é um ponto diferenciado, porque é híbrido e faz a função de armazenamento, instalação de maquinas virtuais (Windows Server e Linux).  Outro recurso e o App Center é uma plataforma para carregar e descarregar os aplicativos por desenvolvedores e usuários finais. Ele vem com um software nativo de gerenciamento, que recebe 4 HDs, sendo cada HD de 10 Teras Bytes, ou seja, no modelo TS 451 +, no total são 40 Teras bytes, e com total segurança.

A camada do firewall fica responsável por fazer todo o controle de entrada e saída da comunicação com o ambiente externo, provendo maior segurança contra invasões. Em relação à telefonia, a tecnologia contém um IPBX, que na prática é um sistema de telefonia de voz sobre, ou seja, é multiplataforma que contém toda a inteligência do PABX com URA (com gravação).

O produto pode ser ligado com um sistema analógico, um sistema digital E1 ou  sipitrunk, uma nova tecnologia que possibilita a ligação com o cabo de rede. Seu uso é via rede e sem necessidade de empregar o meio físico das operadoras de telefonia. Portanto, gera menor custo. A instalação é fácil, o gerenciamento de segurança também e ainda apresenta escalabilidade, ou seja, é modular e se ajusta ao gosto do usuário.

O servidor armazena todas as gravações das conversas ‘entrantes’ e ‘saintes’ e entre os ramais. Conta ainda com correio de voz por e-mail, tal qual um podcast. Suas configurações apresentam toda interface gráfica para acesso via browser amigável, isto é, pelo programa de navegação da internet proporciona acesso ao gerenciamento do IPBX, sem precisar que o usuário fique digitando números intermináveis no telefone. Isto quer dizer na prática, que aquele que o utiliza pode fazer ligação, por exemplo, de sua matriz com uma filial sem usar um operador convencional, o que deve reduzir em até 85% o custo de telefonia.

A solução pode disponibilizar um ramal no aparelho físico (ramal IP) e também por meio do softphone, um recurso que simula o aparelho telefônico na tela do computador ou também smartphones.

Nos equipamentos convencionais é comum não haver tolerância a falhas. Isso também ocorre por conta de alguns profissionais de TI não terem conhecimento profundo nesse tipo de especificidade.  Na verdade, o primeiro componente que falha num equipamento de TI em geral é o HD, que é um sistema mecânico e com mal funcionamento pode vir a parada súbita do servidor e a perda de dados. Outra situação recorrente é quando os HDs começam a chegar a 100% de sua capacidade de uso e falta espaço. A ideia dessa nova solução foi gerar segurança e proteção de dados, com uma alta capacidade de armazenamento dos dados.

O produto está configurado basicamente para operar em raid 5, que distribui dados em camada em três HDs de 10 Teras Bytes.  Os HDs são o Sata 3 com 7.200 rpm  e com o raid 5 distribuindo dados de forma segura. O equipamento apresenta ainda 4 discos operando em hot spare. Ele fica em stand by caso um dos 3 discos venha parar. Neste caso, ele aciona o disco em espera e transfere os dados, fazendo um rebuild desses dados, sem qualquer risco. Enquanto o equipamento reconstrói os dados, dispara um e-mail para o administrador da rede, informando o problema do HD, e que precisa ser substituído.

“O técnico quando chegar no ambiente da empresa pode substituir o HD a quente, ou seja, sem precisar desligar a máquina”, descreve Ferreira. ”Às vezes, nem o cliente saberá que estava com um problema técnico, porque o equipamento continuará funcionando normalmente”, complementa.

A expectativa de vendas da MDF Tecnologia é que mesmo diante da situação do país, até o final do ano haja um crescimento em torno de 10% no aumento do faturamento. “Já temos clientes que compraram a ideia, acharam a novidade fantástica e já encomendaram a solução”, finaliza Ferreira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here