Macaco ferido ganha nova vida com técnica revolucionária

      

A nanotecnologia deu vida nova a um macaco Bugio, encontrado com uma ferida totalmente infeccionada e coberta de larvas. A técnica foi aplicada pelas farmacêuticas Danielle Barcelos e Caroline Ramalho, do Grupo Tudovet, pioneiro no uso da técnica, a pedido do veterinário Attila Kindlovits. E os resultados não poderiam ter sido mais eficazes. O procedimento já foi testado em outros animais, como gato e tartaruga, com excelentes resultados no processo de cicatrização.

No caso do macaco, a primeira providência foi a retirada total das larvas e a amputação do membro anterior esquerdo, além da retirada do tecido necrosado. Após um mês de tratamento, mesmo com um resultado bastante promissor, o veterinário optou em tentar acelerar o processo cicatricial utilizando a fórmula cicatrizante com fatores de crescimento desenvolvida pelo Grupo Tudodvet.O início do tratamento se deu com a utilização da formulação na forma de pó, o que permitiu uma ótima aderência na ferida úmida. Após duas semanas de uso, com as feridas praticamente cicatrizadas, iniciou-se o tratamento com a mesma formulação em forma de pomada, até a completa cicatrização. Com duas semanas de tratamento com a pomada, as feridas encontravam-se totalmente cicatrizadas. Ao final do tratamento o animal conseguiu se alimentar e movimentar normalmente, atestando o sucesso da técnica.

A nanotecnologia aplicada à cosmética refere-se à utilização de pequenas partículas contendo princípios ativos que são capazes de penetrar nas camadas mais profundas da pele, potencializando os efeitos do produto. Nos pets, as nanocápsulas aderem ao pelo do animal liberando o ativo de forma gradual, aumentam a eficácia e prolongam a duração dos produtos manipulados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here