LinkApi oferece plataforma para integração inteligente

Diferentes segmentos se beneficiam com o serviço que promove automatização de processos e aumento da eficácia operacional

Você já parou para pensar em, como em um toque de mágica, conseguimos pedir um táxi, comida ou grande parte dos serviços via aplicativo? Para que todas as ferramentas e tecnologias por trás desses serviços funcionem em perfeita harmonia, é necessário apenas um detalhe: integração de suas APIs (Application Programming Interface). Com o objetivo de facilitar essas integrações, automatizar, aumentar a eficiência operacional e a transformar digitalmente empresas de diferentes segmentos, Thiago Lima fundou a LinkApi, plataforma que possibilita empresas desenvolver, monitorar e distribuir integrações.

“É muito comum termos problemas na integração de sistemas. Grande parte das plataformas não aguentam as requisições e transformações que os dados sofrem. Nossa missão com a LinkApi é ser uma ferramenta parceira do desenvolvedor, auxiliando em toda a complexidade técnica”, explica Thiago Lima, CEO da empresa.

De acordo com relatório da consultoria Zion Market Research, de 2017, o mercado global de gerenciamento por APIs gerou cerca de US$ 609,32 milhões em 2016 e deverá atingir, aproximadamente, US$ 3.436,16 milhões até 2022, crescendo a uma taxa de 33,4% entre 2017 e 2022. “Plataformas IPaaS (Integration Platform as a Service) deixam de ser uma aposta, e se tornam a real solução dos problemas de quem administra e lida com softwares diariamente”, completa Lima.

Esse resultado já é notado pela LinkApi. Hoje, a empresa possui mais de 100 clientes ativos, entre e-commerce, marketplaces e empresas de logística. Entre eles estão: Samsung, Sapore, Linx, Total Express, Leroy Merlin, Multicoisas e Chilli Beans. Entre as vantagens da plataforma, o aumento de faturamento é a que mais chama a atenção. O canal de e-commerce WebContinental, por exemplo, teve um crescimento de 30% e aumento de 20% no número de produtos comercializados após implementar o uso da plataforma de integração do LinkApi, em 6 meses de uso.

A LinkApi é uma solução pensada não só no desenvolvedor e responsável por T.I., mas também na experiência do consumidor final de cada uma das plataformas que a startup auxilia. “O ciclo e fluxo do consumidor é olhado de perto quando desenvolvemos e auxiliamos nossos clientes, já que é para eles que estamos fazendo algo, por isso, trabalhamos em conjunto com os desenvolvedores de cada empresa, para passar a melhor experiência para seus consumidores finais”, explica Thiago. 

Thiago Lima
Thiago Lima (28) é CEO e fundador da LinkApi,  plataforma que possibilita empresas desenvolverem, monitorarem e distribuirem integrações entre diferentes sistemas. Thiago começou a programar aos 12 anos. O garoto do Grajaú, periferia da Zona Sul de São Paulo, viu na tecnologia a oportunidade de conseguir seu próprio dinheiro. Ainda jovem, com 17 anos, fundou  seu primeiro negócio e, após uma frustração, decidiu transformar seu esporte em profissão, o MMA,  e em dois anos conseguiu o feito, realidade até sua quinta luta profissional, que foi finalizada por um acidente no tatame. Por conta disso, voltou para a área de tecnologia e iniciou uma Especialização em Ontopsicologia, na AMF (Antonio Meneghetti Faculdade). A LinkApi nasceu em 2017 por meio de um projeto de Venture Builder da FCamara, quando Thiago era diretor de inovação da empresa. Em seis meses, a startup teve ótimos resultados e, como CEO, ele tomou a decisão de fazer o spin-off da builder e tranformar o LinkApi numa empresa independente.  O trabalho de Thiago como CEO da LinkApi inclui desenvolvimento de produto, relacionamento com investidores e formação de pessoas – nesse pilar ele ministra aulas de filosofia para os colaboradores, com o objetivo de desenvolver as pessoas. Hoje a empresa possui mais de 100 clientes entre Samsung, Leroy Merlin e Linx.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here