Garoto de 13 anos desenvolve calibrador para ajudar a medir batimentos cardíacos de bebês

Conhecimentos adquiridos na CódigoKid foram essenciais para o projeto

Quando matriculou Rodolfo Infantini em uma escola de robótica e programação, Camila Infantini nem imaginou que o filho, de apenas 13 anos, poderia auxiliar em projetos desenvolvidos pela empresa de sua família, especializada em manutenção de equipamentos médicos. Hoje, ele está desenvolvendo, junto com o pai, um equipamento de calibração, que vai aferir os aparelhos que medem os batimentos de bebês enquanto eles ainda estão na barriga de suas mães.

“Foi uma surpresa para nós! Ele está super envolvido no projeto e aplicando tudo o que está aprendendo na escola, como robótica e programação”, conta Camila. A escola responsável por todo esse desenvolvimento de Rodolfo é a CódigoKid. Além de robótica e programação, ele também fez os cursos de photoshop e edição de vídeo.

De acordo com Sérgio Praxedes, professor da CódigoKid, Rodolfo é muito estudioso e esteve sempre muito interessado em aprender e desenvolver as técnicas para a criação do calibrador. “Ele vai usar os materiais que utilizamos em aulas como a placa arduino do conjunto modelix e também muita programação. Tenho certeza que será um instrumento de muito sucesso”.

A CódigoKid surgiu em 2017 para ensinar a linguagem de programação e robótica para crianças a partir de 5 anos de idade. Na grade, há cursos de programação, robótica, game, Youtube, edição de vídeo e imagem, além de aplicativos e jogos como LOL e Minecraft. Até o fim de 2018, a projeção é chegar em 100 unidades e ter em sua base mais de três mil alunos por todo o Brasil. Para o próximo ano, os planos são ainda mais promissores, a rede estima faturar mais de R$ 20 milhões.

“Estamos muito felizes com os resultados que o Rodolfo vem conquistando tão rápido. Quando ele entrou na escola nem imaginávamos que ele ia gostar tanto. Ele adora estar lá e, inclusive, sempre pede para chegar antes do horário. Eu fico muito tranqüila em saber que ele está aprendendo e desenvolvendo sua inteligência”, finaliza Camila.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here