Se há um segmento que cresceu, mesmo com a crise, é o de casamentos. Só em 2013, o setor faturou R$ 16 bilhões. Já em 2016, os ganhos chegaram a R$ 17 bilhões e os gastos com cerimônia aumentaram, em média, 10,4% ao ano, segundo dados da Abrafesta (Associação Brasileira de Eventos). De olho neste mercado, uma dupla de empresários decidiu uni-lo a outros dois também em franca expansão: o de franquias, que cresceu 8,4% no segundo trimestre (dados da Associação Brasileira de Franchising), e o Marketing Digital, com previsão de avanço em 8,9% para 2018 (segundo relatório da CMO Survey). Foi assim que surgiu a Inoivando Franquias, rede de franquias de marketing digital para o segmento de casamentos e eventos para noivas que aproxima consumidores e fornecedores de forma regionalizada, oferecendo os melhores serviços e produtos.

– Somos focados totalmente em serviços e produtos para a realização do casamento, com o intuito de facilitar a interação online entre noivas e prestadores de serviços e produtos. Além disso, através do marketing digital, inserimos ou aumentamos a presença online do prestador de serviços por intermédio de soluções digitais de alto impacto, gerando novas oportunidades de negócios – explica Gustavo Faria, gerente de relacionamento da Inoivando Franquias.

A ideia de criar o portal surgiu primeiro em Jundiaí, em 2013, após o pai de um dos sócios (músico de casamentos) enfrentar dificuldades em divulgar seus serviços em um canal de conexão eficaz com as noivas da região, ao invés de ficar restrito somente aos guias impressos, solução muito cara e sem interação com este público. Um ano depois, a marca já se consolidava no mercado regional de Jundiaí e, com a ambição de ampliar os negócios, a empresa se transformou em franquia, nunca perdendo o conceito de resolver o problema de regionalização do casamento.  Em 2017, a Inoivando começou a expandir nacionalmente, franqueando o modelo para todo o país. Atualmente, a Inoivando está presente em cinco municípios (Jundiaí, Porto Velho, Campo Grande, São Luís e Florianópolis), com mais 2 unidades em fase de inauguração (Campinas e Botucatu), divulgando inúmeros fornecedores com diversos produtos e serviços, como aluguel de carros, bolos, decoração de casamento, bandas de casamento, hotéis para a lua de mel e buffet.

Tela Inicial Inoivando - Divulgação
Tela Inicial Inoivando – Divulgação

Desta forma, a Inoivando se formata através de um sistema de franquias Home Office. Assim, o franqueado só precisa ter um computador e internet para trabalhar em seu próprio negócio. “A Inoivando é uma franquia totalmente digital. O franqueadoinveste R$ 20.000 de taxa de franquia, R$ 3.000 para preparação e abertura do portal na sua região e R$ 1.000 para impressos (cartões de visitas, folders e outros materiais gráficos para sua unidade). O franqueado fatura comercializando serviços na sua região: assinatura dos planos de divulgação, posts impulsionados nas redes sociais, disparos de email marketing para noivas cadastradas, artigos patrocinados no blog regional, participação em eventos de relacionamento, entre outros serviços. Ofranqueado fica com 90% do valor vendido, repassando 10% para a franqueadora (7% royalties + 3% marketing nacional)”, explica Gustavo.

Além de ser uma oportunidade a empreendedores com diferentes capacidades de investimento, a franquia também funciona como um sistema de publicidade e propaganda para prestadores de serviços e produtos para casamento por meio de uma plataforma totalmente adaptada a diferentes dispositivos, como smartphonestablets e desktops. Para Gustavo Faria, além de uma plataforma de publicidade, a Inoivando oferece conteúdo relevante regionalizado e ferramentas de organização para as noivas. “Queremos alcançar o Brasil todo, mantendo o conceito de regionalização do negócio, sendo este o principal diferencial da empresa”. E o resultado pode ser rápido, pois, com a concretização de um ou dois contratos por ano, já é possível cobrir o investimento realizado. E não para por aí, pois as franquias estabelecidas apresentam média de 10 mil a 15 mil acessos por mês, e cada novo franqueado consegue alcançar já 1.000 acessos nos primeiros meses – o ponto de equilíbrio de cada franquiaé de 6 meses.

E a empresa, que teve faturamento de R$ 120 mil em 2017, quer ainda mais. Com um plano ostensivo de divulgação da marca por meio de diversos setores da internet, a Inoivando pretende alcançar 12 unidades franqueadas até o final de 2018. “Estamos muito confiantes e apostamos na recuperação da economia brasileira pela via do empreendedorismo, e, desta forma, oferecemos um negócio produtivo, com poucas despesas e ótima média de retorno em períodos curtos e médios”, explica Gustavo. E outro fator importante que explica este crescimento é o fato do ramo de eventos ser muito estável, pois como Gustavo explica: “O formato das festas de casamento pode mudar pela situação econômica (festas menores, com menos serviços supérfluos, por exemplo) mas as pessoas não deixam de realizar o sonho do casamento. O mercado de casamento gira mais de R$ 25 bilhões/ano, com cerca de R$ 17 bilhões/ano gastos somente com a festa de casamento. O número de casamentos aumentou pela realização de festas por divorciados e homoafetivos”. O setor de casamentos é uma aposta certeira e quem já está “namorando” o empreendedorismo, já pode dizer sim para o negócio próprio.

Serviço: https://www.inoivando.com.br/

Raio X da Franquia:
Investimento total: R$32.800,00;
Taxa de Franquia: R$20.000,00;
Instalação Sistema/SEO: R$3.000,00;
Capital de Giro: R$8.800,00;
Papelaria Inicial: R$1.000,00;

RESULTADOS
Ponto de Equilíbrio: 6 meses;
Número de Contratos: 47 contratos;
Ticket Médio Mensal: R$ 100,00;
Faturamento Ponto Equilíbrio: R$ 4.700,00;
Tempo de Retorno: 16 meses;
Rentabilidade 1º ano: 13%;
Rentabilidade 2º ano: até 53%

COBRANÇA
Cobrança de Royalties: 7%;
Fundo de Marketing Nacional: 3%

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here