Home Office forçado por conta da pandemia de coronavírus

Empresas de tecnologia têm mais facilidade para se adaptar ao trabalho à distância

Nunca se falou tanto em home office como nos últimos dias. Não é mesmo? Como trabalhar de casa é uma das saídas para diminuir o contágio do novo coronavírus, empresas se ajustaram para não ter prejuízos nos resultados. E as empresas de tecnologia, por já estarem mais familiarizada com o uso de serviços à distância, se adaptaram mais facilmente a esse esquema de trabalho, o que minimiza os prejuízos nesse setor.
 
A fintech Target MP, empresa de tecnologia para meio de pagamentos eletrônicos, criou um sistema de integração, que mantém todos os funcionários conectados virtualmente, durante todo o horário de expediente. Além de estabelecer um ponto eletrônico virtual, a Target criou protocolos de trabalho à distância, usando diferentes aplicativos já existentes, que foram adaptados ao dia a dia da empresa. “Além de criar salas virtuais para reuniões em grupo ou em dupla, instalamos os ramais telefônicos dos funcionários em seus computadores e os conectamos ao sistema do escritório. Dessa forma, eles podem falar entre si e com clientes, como se estivessem sentados em suas mesas de trabalho”, explica William Rego, diretor de produtos da Target. “Para garantir que as pessoas tivessem acesso aos arquivos importantes da empresa, de forma segura, criamos uma rede privada segura, interligando os computadores pessoais dos funcionários aos da empresa”, completa.
 
A fintech, que já oferecia a opção de o funcionário trabalhar na em home office sempre que necessário, colocou mais de 90% de sua mão de obra de quarentena, mas trabalhando pela plataforma! Troca de informações, avisos, reuniões, tudo é feito virtualmente, para preservar toda a equipe e evitar prejuízos – até mesmo no que diz respeito ao material humano!
 
Quem precisa ir ao escritório tem que adotar as medidas de segurança informadas numa cartilha divulgada para todos os funcionários da Target: como uso do álcool gel ao entrar na empresa ou acessar qualquer sala – há vidros posicionados próximo a cada porta – além de reforçar a limpeza de mesas e equipamentos.
 
“O mais importante agora é garantir a integridade física, bem-estar e tranquilidade de todos”, ressalta José Santos, CEO da empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui