Com faturamento milionário, Bubble Mix inaugura 17ª unidade no Sul

Sudeste também receberá franquia de bebida asiática, que oferece chás e cafés com essências de frutas e acompanhamentos 'borbulhantes'

A Bubble Mix Tea, franquia de chás taiwaneses, dirigida por Rodrigo Balotin, Rogério Arcanjo e Alex Lin, chegou ao mercado em 2014. Com investimento inicial de R$ 60 mil, o trio foi cauteloso e resolveu validar o negócio com apenas uma unidade, em Foz do Iguaçu (PR), antes de aderir ao modelo de franquias. A marca começou a expansão em 2017, ano que fechou com 12 unidades, no Paraná e em Santa Catarina. Nesse mesmo ano, o faturamento total da rede atingiu R$ 3,2 milhões, dando aos sócios a certeza de que o negócio não era passageiro. No sul do Brasil, em Maringá (PR), a rede inaugurou recentemente sua 17ª unidade. As próximas devem chegar, em breve, na região Sudeste, nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, além do Rio Grande do Sul.

O avanço da marca reflete o crescimento nacional das franquias. Conforme dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do setor deve crescer 8% neste ano, em comparação com o ano passado. Somente no segundo trimestre de 2018, o lucro das franquias foi 5,1% maior do que no primeiro trimestre.

Enquanto a economia nacional tem previsão de expansão de, no máximo, 2% em 2018, a projeção positiva da ABF se verifica também no número de franqueados, que neste ano deve ficar 5% acima do registrado em 2017.

Os dados colocam as franquias como opções rentáveis para novos investidores. Na Bubble Mix, o capital inicial para empreendedores parte de R$ 170 mil, podendo chegar a R$ 220, dependendo da estrutura da loja. O faturamento médio de cada unidade fica entre R$ 50 mil e R$ 80 mil mensais e o retorno da aplicação acontece, em média, em 21 meses. O sucesso da marca se deve a uma experiência diferente no consumo das bebidas, preparadas na hora, por infusão e combinação de uma série de essências, ingredientes e acompanhamentos exclusivos. São pérolas de tapioca, jellys ou poppings, bolhas de sabor que estouram na boca, inserindo o consumidor na chamada gastronomia molecular.

Para lançar a marca brasileira, os três sócios da Bubble Mix Tea foram a Taiwan, na Ásia, conhecer o preparo dos chás. “Eles são muito famosos por lá e podem ser servidos quentes ou frios, com o autêntico blend original, de frutas vermelhas ou hibisco. Há ainda as opções com chá mate, chá preto ou chá verde”, explica Rodrigo Balotin. “As essências possuem extrato natural, sem conservantes, e são importadas da França, acrescidas com açúcar de cana e beterraba. Algumas opções têm menos de 10 calorias”, destaca o sócio, lembrando que há opções de Bubble Tea com yakult, café, creamer e frozen, “que pode ser de café ou chocolate branco”.

As combinações inusitadas já conquistaram 17 cidades do Sul e a rede agora parte para o Sudeste. “Fechamos contrato com franqueados do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, com inauguração prevista para os próximos meses. Até o fim do ano, estaremos também em São Paulo”, adianta o empresário da Bubble Mix Tea.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here