4 passos para negociar suas dívidas e sair da inadimplência

Cerca de 40% da população brasileira possui conta atrasada, consultor financeiro ensina como sair do vermelho e equilibrar as finanças

Você tem conta atrasada? 62,7 milhões de brasileiros (ou 40% da população adulta do país) tem pelo menos uma, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Uma alta de 0,13% no número de inadimplentes no primeiro trimestre de 2019. Para o consultor financeiro, Ben Zruel, as pessoas não conseguem honrar seus compromissos em dia, pois não adotam os pilares necessários à sua liberdade financeira. Autor do best-seller ‘Eu Vou Te Ensinar a Ser Rico’, Ben Zruel tem total propriedade para fazer essa afirmação: ele já foi à falência duas vezes. No entanto, seguindo esses mesmos passos, saiu do vermelho e se tornou empresário bem sucedido e um dos maiores especialistas em finanças pessoais no Brasil. Essa alta tinge em cheio contas básicas das famílias, como energia e água – + 17,20%. Pensa que isso ocorre por não ganham o suficiente não tem nada a ver. Isso ocorre pela péssima educação financeira que recebem ao longo da vida.

Por experiência própria, Ben entendeu e comprovou que o modelo ‘convencional’ é ineficaz e não funciona para que tirar as pessoas das dívidas. Por isso, elaborou opção ‘fora dos padrões’. O método LID que ele ensina é uma técnica totalmente inovadora, e salva a vida financeira daqueles que já tentaram tudo, mas não conseguiram o objetivo. Infelizmente no Brasil, país com os juros mais altos do mundo, um erro financeiro pode significar anos de dor de cabeça. Sem qualquer suporte, a pessoa contrai inúmeras outras dívidas para tentar, sem sucesso, conter o efeito ‘bola de neve’. “Há anos presto consultorias a empresários e pessoas comuns. Já vi algumas com 20 débitos diferentes originados de uma única falha”, pontua o especialista. Quer sair e nunca mais retornar às dívidas? Com essa tática, dá tempo de sair da inadimplência antes de 2019 acabar.

SAINDO DAS DÍVIDAS EM 4 PASSOS

1) Nunca consulte o seu gerente
Esse erro é bastante comum aos endividados na tentativa de dar a volta por cima. Bem Zruel alerta que o gerente é somente um ‘vendedor’ em busca de metas, e os produtos bancários que vende geralmente são péssimos para os consumidores. Cartão de crédito, empréstimos e financiamento são alguns exemplos;

2) Tudo ou nada
Com os juros mais altos do mundo, aqui no Brasil (chegam a 436% no cartão de crédito e 350% no cheque especial), ou você quita de vez ou não paga um tostão! Nada de renegociar cartão de crédito ou cheque especial. O que fazer então? “Guarda o dinheiro e, em momento oportuno, você paga tudo”, ensina o coach financeiro. Não esqueçam que débitos bancários (nosso calcanhar de Aquiles de acordo com Ben) aparecem em segundo lugar no ranking (alta de 6,81%).

3) Uma dívida fica uma dívida
Não consegue pagar um empréstimo? Jamais refinancie ou tome outro pra quitar o anterior. A oferta de um valor maior X parcelas menores é uma ilusão, significa apenas mais juros a pagar. Se enrolou? Pare, comece a poupar até receber proposta decente, e resolver o problema de vez.

4) Trabalhe o seu controle emocional
Talvez esse seja o pilar mais importante, pois é fundamental lidar com a total falta de educação financeira e de suporte em caso de endividamento; com o crédito muito fácil; e, principalmente, com as tentações massivas – na TV, na internet ou em outdoors.

AUTONOMIA – Para alcançar sua independência financeira, corte os supérfluos e corrija seu padrão de vida, evitando gastos desnecessários. Para se manter autônomo, o coach financeiro sugere que você mude de bairro ou troque o apartamento por outro menor. “Débitos são só sintomas do problema”, garante Ben Zruel. Quer se livrar deles pra sempre? Mude a sua mentalidade! A sua programação mental é a base das suas decisões de compra – péssimas, no caso da maioria dos brasileiros. Afinal, ninguém aqui quer voltar ao ciclo vicioso ‘compras desnecessárias X dívidas’, certo?


BEN ZRUEL é consultor e coach financeiro, empresário e autor israelense do best-seller e do curso online homônimo “Eu Vou Te Ensinar a Ser Rico”. O especialista em finanças pessoais mora no Brasil há quase 20 anos e, há uma década, se tornou financeiramente independente, após falir por duas vezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here